Em requerimento apresentado nesta terça-feira (26) de outubro na reunião ordinária da Câmara dos vereadores, a vereadora Lindineide (PSB) solicitou ao poder executivo o planejamento para fixação de diárias a profissionais da saúde em casos de transferências objetivando auxílio na locomoção e despesas ocasionais.

O requerimento prevê que o executivo determine um vereador fixo de diárias para os servidores da saúde lotados em unidades de emergências que efetivamente se desloquem quando de plantão para acompanhar pacientes e que o valor acumulado conforme registro efetuado na escala de plantão seja creditado no contracheque do servidor no meio dos deslocamentos.

A vereadora também alertou que se necessário, a prefeitura envie a câmera um projeto de Lei para validar o requerimento que acolhe todos os graus de atuação como motoristas, técnicos, enfermeiros e até médicos que deslocam da cidade em acompanhamento.

“A diária de valor fixo para alimentação vai beneficiar os profissionais da saúde que fazem transferência acompanhando pacientes para outras unidades fora do município. Tem transferências que esses profissionais saem de manhã e só voltam a noite para sua unidade de trabalho e os hospitais fora não liberam refeições e se saem de manhã da unidade e não levam algo para se alimentar ou algum dinheiro, passam o dia inteiro sem se alimentar”, disse a vereadora.

O projeto foi discutido e debatido entre os vereadores de casa e foi aprovado por unanimidade de votos. Após a aprovação, o requerimento seguirá para apreciação da prefeita Lucielle podendo voltar para casa como PL com valores específicos sobre o tema.

 

✓ Redação PH Bezerros