Em mais uma agenda política, a prefeita de Bezerros, Lucielle Laurentino participa do ato de união entre os partidos Democratas e PSL em Brasília nesta quarta-feira (6) de outubro. Da união, foi formada a nova sigla denominada “União Brasil” com novo número de chapa sendo 44 deixando o 25 (DEM) e o 17 (PSL).

Desta maneira, nos bastidores políticos, o palanque da Prefeita Lucielle vai reunir alguns dos principais nomes das siglas como Luciano Bivar, um dos apoiadores do Presidente Bolsonaro na eleição de 2018 em Pernambuco eleito deputado Federal, Senador Fernando Bezerra líder do governo Bolsonaro no Senado e articulador da campanha do seu filho Miguel Coelho que é prefeito de Petrolina ao governo do Estado e o ex-ministro da Educação Mendonça filho, tratando a união como “um novo momento para Pernambuco e Brasil.”

Das lideranças partidárias, em 2019, Luciano Bivar foi alvo de busca e apreensão em operação que de candidaturas laranja de mulheres pelo PSL na eleição de 2018. Segundo a PF, as suspeitas são de fraudes e desvios de verba destinada às candidaturas de mulheres do PSL usadas por outros candidatos.

O Senador Fernando Bezerra é indiciado por suspeitas de corrupção passiva, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e recebimento de R$ 10 milhões de propina no governo Dilma quando foi ministro do governo petista. Fernando fez parte da gestão (PSB) do ex-prefeito Branquinho e do eleito governador Paulo Câmara em 2014. FBC foi o senador mais votado em Bezerros em 2014 eleito com mais de 64% dos votos em Pernambuco.

Em 2020, o ex-ministro teve apoio em a sua candidatura a prefeito de recife pelo aliado de Jair Bolsonaro Fernando Bezerra Coelho, juntamente com apoio de Armando monteiro (PSDB) o qual é suspeito e foi investigado no âmbito de uma ação na Justiça Federal, contra o sistema financeiro nacional, BNDES

 

✓ Redação PH Bezerros