Áreas atendidas com esgotamento sanitário passam a pagar taxa em Gravatá. O sistema está em implantação em Bezerros, que também pagará pelo serviço.

As obras do governo do Estado que se iniciaram ano passado e tem previsão de término para o primeiro semestre de 2021 na cidade de Bezerros, vem causando vários transtornos a população.

Por meio da Compesa, a iniciativa já entregou à cidade de Gravatá a primeira etapa do novo Sistema de Esgotamento Sanitário (SES), beneficiando 30 mil pessoas, o equivalente a 30% da população gravataense. Isso significa mais saúde e qualidade de vida para a população que conta com serviços de coleta e tratamento de esgoto. Agora, a Companhia inicia uma nova fase: o início da cobrança da tarifa de esgoto nas áreas beneficiadas com o empreendimento a partir deste mês de abril. Para informar a população, a Compesa enviou previamente cartas com todos os detalhes para os moradores dos bairros onde houve a implantação do sistema de esgotamento sanitário. Vale salientar, ainda, que os clientes classificados como tarifa social estão isentos. Para mais informações sobre a ação, a Compesa está atendendo através do 0800 081 0185.

 

Informações: Bezerros Hoje