Os impasses a categoria da educação segue na gestão municipal, após não ter pago o rateio aos professores, a prefeita Lucielle Laurentino UB esbarra no não cumprimento do piso salarial.

Os professores de Bezerros resolveram fazer mobilização pública, nesta quinta-feira (24), em defesa do novo piso do magistério. O protesto acontece mesmo a categoria acusando recebimento de um ofício de convocação por parte do governo municipal enviado ao presidente do SINPRO durante a reunião da categoria.

Contudo, os professores decidiram manter o calendário de protestos que foi deliberado. “Ela ( a prefeita) ainda não disse o que quer conosco e a categoria não vai aceitar a implantação do piso da forma como ela quer colocar”, declarou uma fonte.

Em entrevista a CBN, na semana passada, a prefeita Lucielle (UB) informou que o município cumpriria em parte com o novo piso. Apenas professores que recebem abaixo do piso seriam contemplados, cerca de 90 deles. A reunião marcada para acontecer na próxima segunda-feira (28) terá a participação das partes interessadas.