Pernambuco anunciou medidas de flexibilização para a área de esportes e eventos, confira:

Flexibilização para torcida esportiva 

A partir de 27 de setembro, fica liberada a presença de torcida em jogos de futebol profissional. Podem ir aos estádios 2,5 mil pessoas ou 20% da capacidade do estádio, o que for menor. No caso das demais competições esportivas, que terão a capacidade aumentada, o público máximo também passa a ser de 2,5 mil. No entanto a porcentagem é de 50% da capacidade do local em que os jogos ocorrerem.

Em qualquer evento esportivo com mais de 300 pessoas é necessário o controle do esquema vacinal dos participantes, sendo destinados 90% da venda dos ingressos para pessoas com o ciclo de imunização completo.

Os outros 10% dos ingressos serão vendidos a pessoas com somente a primeira dose, desde que seja apresentado resultado negativo para Covid-19 de um exame tipo RT-PCR feito 48 horas antes ou teste de antígeno realizado 24 horas antes do evento.

Náutico X CRB (AL), jogo que ocorre pela Série B do Campeonato Brasileiro, será a primeira partida com a volta dos torcedores. O combate ocorre na terça-feira (28), às 19h.

Flexibilização para eventos com shows

A partir de 27 de setembro, os eventos-teste deixam de existir. Não será mais preciso pedir autorização para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco.

O governo disse que ficam liberados os eventos para 2,5 mil pessoas ou 50%, o que for menor. Para participar, será necessário manter o uso obrigatório de máscaras.

Ainda não está liberada dança. O público deve ficar sentado e só pode ficar em pé, com a proteção.

Será necessário o controle seguro do esquema vacinal, sendo destinados 90% da venda dos ingressos para pessoas com a segunda dose da vacina ou com uma dose, no caso de vacina de dose única.

Os outros 10% dos ingressos serão vendidos a pessoas com a primeira dose, e com exame RT-PCR feito 48 horas antes ou teste de antígeno realizado 24 horas antes do evento. Os eventos devem ter duração de, no máximo, 7 horas com horário até 1h da madrugada, todos os dias.

Em novembro, afirmou o governo, ficam liberados os eventos para 5 mil pessoas ou 70%, o que for menor.

Obrigatório o uso da máscara, desde que não esteja consumindo comida e bebida. Público sentado, sem dancing, e é permitido ficar em pé, desde que esteja usando máscara.

O público deve estar 100% vacinado com duas doses ou com a vacina de dose única. Os eventos devem ter duração de, no máximo, 7 horas com horário até 1h da madrugada, todos os dias.

 Com informações G1

 Imagem Reprodução Divulgação/ Costa neto