Com as eleições prestes a acontecer, Pernambuco tem aumento expressivo ao número de eleitores aptos a votarem no dia 04 de outubro para os cargos de deputado estadual e federal, senador e presidente da República. Em 2018 Pernambuco tinha pouco mais de 5,3 milhões de eleitores e neste ano de 2022 contará com mais de 6,8 votantes.

Com poder forte de decisão a região metropolitana do Recife conta com 42% de eleitores seguido pela região agreste que corresponde 25% do eleitorado, a zona da mata apresenta 14%, o sertão 12% e a região do São Francisco 7%.

Mesorregião Total de Eleitores
Zona da Mata 914.832
Sertão 782.122
Agreste 1.729.459
Região Metropolitana do Recife 2.949.117
São Francisco 449.494
Total 6.825.024

Os números mostram um desenho das eleições que de forma inusitada na história apresenta candidatos competitivos em todas as regiões.

De acordo com os dados Danilo Cabral PSB é hoje o candidato com maior dificuldades de crescimento fora da capital, assim como Miguel Coelho UB em sua pré campanha arrojada busca fortalecer palanques no agreste pernambucano onde a candidata Raquel Lyra PSDB é totalmente cacifada o que reflete na vaga ao 2° turno. Marília Arraes SD que lidera pesquisas tem ao seu lado a forte ligação como ex presidente Lula PT o que tem alçado seu nome de forma espontânea em todo o estado, quanto ao candidato Anderson Ferreira PL que apontou potencial na pré campanha acabou sendo reduzido ao eleitor bolsonarista o que pode explicar o baixo crescimento, inclusive o eleitor bolsonarista apresenta divisões e também indica preferência pelo ex prefeito de Petrolina Miguel Coelho UB.

Veja abaixo os dados das eleições de 2018