Após repercussão nas redes sociais devido a problemas no atendimento da UPA Bezerros durante a noite da sexta (04), mãe e filha através do Instagram decidiram expor a situação vivenciada ao buscar por atendimento médico.

A jovem Willyane Alves conhecida no mundo digital publicou uma série de history em sua conta @williannealves_ ao lado de sua mãe para evidenciar ocorrido ao precisar ser levada à UPA após não conseguir andar devido um grave problema em seu joelho, ao dá entrada de cadeiras de rodas no equipamento de saúde a jovem relata que foi bem atendida na recepção quanto na triagem para seguir até o atendimento médico.

No atendimento médico a mãe e a jovem acabaram surpreendidas ao serem atendidas por uma pessoa que não se sabe se seria enfermeiro ou estagiário atuando como médico inclusive utilizando o carimbo com CRM e dados oficiais. O falso “médico” teria receitado medicações e até informado que possivelmente iria transferir a jovem caso a dor não cedesse após a aplicação da medicação.

Já neste sábado (05) a mãe cobrou nas redes sociais mais atenção da secretaria de saúde para apurar os fatos e atuação da pessoa como se fosse médico na unidade de saúde, em resposta o secretário de governo Bruno Clisman lamentou o ocorrido e informou que iria enviar a denuncia para a pasta competente.

“Infelizmente não levo mais ninguém de minha família para a UPA” desabafou a mãe ao relatar que a filha passou horas sentindo dores e ainda acabou submetida a um atendimento que poderia ser ainda mais perigoso. A redação enviou a pauta para a assessoria de comunicação da prefeitura que deverá emitir nota.