Através do líder do Governo Eduardo (DEM), comissão buscará identificar a origem do déficit financeiro e possíveis atitudes para amenizar a situação atual. “rombo” chega a totalizar mais de R$ 40 milhões.

Em requerimento apresentado na reunião ordinária desta terça-feira (27/04), o vereador e líder do governo Eduardo (DEM) solicitou a instauração de uma comissão especial de fiscalização a situação economia e financeira do IPREBE municipal.

O instituto citado tem a função de receber o repasse dos descontos e valores patronais sobre os vencimentos dos funcionários públicos efetivos ativos para garantir as pensões e aposentadorias dos funcionários. O mesmo encontra-se em difícil situação financeira com o gerado e conhecido “rombo” que chega a totalizar mais de R$ 40 milhões.

Para instauração da comissão, de acordo com o regimento interno da casa legislativa, o vereador deverá coletar 1/3 de assinaturas da casa, ou seja, (5) vereadores. Em plenário Eduardo afirmou já deter (7) assinaturas o que já permite a criação da comissão e início dos trabalhos. Para fins objetivos, a comissão buscará identificar a origem do déficit financeiro e possíveis atitudes para amenizar a situação atual.

 

Redação PH Bezerros

Publicado por: Rômulo Pedro