Bezerrenses reprovam gestão da secretária de saúde Iêda campos com 54,2% de rejeição e do secretário de infraestrutura Samuel com quase 40% de taxa de reprovação.

Denúncias e reclamações populares tornaram-se cada vez mais frequente sobre a área da saúde em Bezerros desde o início da atual gestão. O problema já conhecido entre os munícipes parece ter se agravado com a gestão “técnica” dos serviços públicos e seus responsáveis, em destaque a pasta da saúde com a secretaria Iêda campos.

As queixas sobre a continuação de fila de espera nas unidades básicas de saúde, suposta falta e suspenção de medicamentos, ausência de médicos por transferências na UPA, serviços de atendimento médico em falta em alguns postos do município e serviços odontológicos foram crescentes assim como relatos de ausência na secretaria ao ser procurada para resolução de problemas da população.

Dessa maneira, em enquete realizada através da ferramenta do Instagram @phbezerros  o site questionou aos leitores a avaliação das pastas mais necessárias na Pandemia. De acordo com os serviços essenciais, são elas : Saúde , Infraestrutura, Agricultura, Cidadania e Educação.

De acordo com os resultados de opinião popular não oficial, confirmando as reclamações da população, a secretária de saúde Ieda Campos tem a maior taxa de reprovação veja os números:

54,6% ruim/péssimo

17% regular

17,8% ótimo/bom

10,7% não souberam opinar

Além da cobrança da população sobre os serviços básicos em falta como mencionado, os detalhes dos números podem se dar também pela atuação no município que estão resumidas as ações de combate do coronavirus, e atraso da vacinação no Município, bem como as informações divergentes sobre a pauta, entre outros.

Da mesma forma, as reclamações constantes dos munícipes sobre ditas ausências, ineficácia, atrasos e engessamento de ações básicas como iluminação, saneamento básico, retirada dos acúmulos de entulhos pelas ruas, falta de manutenção periódica nas estradas da zona rural e ineficácia da fiscalização das obras da compesa da pasta de infraestrutura foram crescentes pontuando quase 40% de rejeição.

Veja os números:

37,8% ruim / péssimo

29,5% regular

24,3% ótimo/bom

8,4% não souberam opinar

 

Quanto aos secretários testados pelos leitores em aprovação de suas pastas e ações estão a secretária de educação, Tarciana Nápoles com 44,4% de ótimo e bom, seguida por Thais Santos com 37,7% da pasta de agricultura e Daylma da pasta de Cidadania com 32,5%. Veja os números completos abaixo :

 

 Neste final de semana, o site realizará enquete em momento opinião com as pastas de governo, administração e finanças, turismo e cultura, procuradoria e ouvidoria pública.

 

✓ Redação PH Bezerros