Irmã de mulher que derrubou imagem sacra sai em sua defesa.

Rosilene Silva foi flagrada derrubando imagem sacra em frente emissora FM 104

A direção da FM 104 prestou Boletim de Ocorrência sobre o vandalismo praticado por uma mulher que derrubou imagem sacra localizado em frente da emissora. O ato de intolerância religiosa repercutiu intensamente e teve forte reação, principalmente da igreja católica, que, em ato de desagravo, runiu fiéis para a celebração de um terço em frente a rádio. Nas redes sociais houve uma verdadeira “patrulha” para que a responsável, já identificada, seja punida. Chama a atenção um depoimento da irmã da acusada, que alegou estado depressivo. Segundo o relato, a mulher ficou com depressão pós parto. “Ela não é esse monstro que todos pensam”, desafa.

Fonte Bezerros Hoje