Após críticas constantes da população a obra do Estado, Prefeitura segue destacando que fiscaliza o andamento e tomadas de decisões.

 

 

 

 

 

 

 

 

A obra da Compesa que teve início no ano passado para requalificação do saneamento e tratamento dos esgotos vem causando transtornos e prejuízos a população e o comércio local.

As críticas aumentam cada vez mais devido as atitudes de cronograma da empresa SCAVE que, em relatos, populares afirmam que se inicia em um local e antes de encerrar o trabalho, tem início em outro causando atraso e ineficiência principalmente no momento de recolocar o calçamento ou asfalto. Após o anúncio do governo estadual de que o serviço será incluso na taxa da tarifa de água dos Bezerrenses, a população encontra-se ainda mais insatisfeita ao ter que pagar algo que nem se quer foi pedido.

Alguns casos de acidentes já foram notificados bem como imprevistos de obra devido a imprevisibilidade de infraestrutura da cidade. A ocasião deveria ser prevista com a proximidade entre o cronograma, a empresa e a prefeitura municipal evitando incidentes.

Em nota, a prefeitura de Bezerros diz que está fiscalizando as obras rotineiramente e auxiliando nas tomadas de decisões. Confira a nota na íntegra:

FISCALIZAÇÃO- A Secretaria de Infraestrutura de Bezerros, segue o acompanhamento e fiscalização das obras de implantação do sistema de esgotamento sanitário que estão sendo feitas pela Companhia Pernambucana de Saneamento – Compesa. As obras já ultrapassam 70% da implantação da rede concluída.

A fiscalização, que acontece de forma interna (documentação) e externa (obras), tem início na conversa entre a equipe de servidores municipais responsáveis pelo setor de obras e a Compesa, auxiliando na tomada de decisões técnicas, tendo sempre como objetivo alinhar as necessidades da população e os critérios técnicos necessários para o bom andamento da obra.

Quem precisar de algum serviço da secretaria deve entrar em contato pelo número (81) 3728-6735.

 

Redação PH Bezerros

Publicado por: Rômulo Pedro