Através de consulta ao portal da transparência, dados dispostos a público demonstram que dentre os contratos realizados pela prefeitura de Bezerros por processo licitatório e modelo de pregão eletrônico, no ano de 2021, através do processo de licitação de Nº 51/2021, a prefeitura de Bezerros havia aberto licitação e mostrava interesse em comprometer orçamento de R$ 1.099.250,00 para aquisição de pneus e acessórios para veículos do tipo passeio, motocicleta, caminhão, ônibus e máquinas pesadas para atender as frotas das Secretarias Municipais.

Anteriormente, o Município de Bezerros que abriu mão de gerir de perto sua frota de veículos pela primeira vez e que conta com cargos e serviços para tal, contratou através de pregão eletrônico ao custo de R$ 4,4 milhões empresa que fornecerá sistema eletrônico para fiscalização, manutenção e peças para os veículos.

No contrato, o modelo (PNEU 14.00-24 – 16 LONAS) de pneus previa um valor unitário no contrato de R$ 4.900,00 a unidade. Em consulta rápida a lojas populares já com preço de revenda, o mesmo modelo de pneu custa em média R$ 3.100 reais, um valor 15,19% mais barato que a prévia da licitação cancelada.

Dos valores tabelados na compra, nota-se o valor maior em uma compra realizada em modalidade de baixo custo de pregão eletrônico, tendo em vista que a compra direta a fabricantes e este dispositivo buscam evitar valores maiores que o mercado de revenda. Ou seja, a compra realizada por um órgão publico em processo licitatório e a fabricantes visa o menor preço inicial, e dada a quantidade de produtos a ser adquirida, o valor tende a ser diminuído e não aumentado.

Os gastos realizados em época de crise econômica da prefeitura municipal e de Pandemia geram questionamentos sobre prioridades do governo.

Da mesma forma, a licitação cancelada que prévia a aquisição de pneus, peças e acessórios constaram em serviços contratados de empresas de fora do Município vencedoras de licitações, não evidenciando até o momento o proceder em relação a estes serviços com as empresas da cidade, bem como a intenção de garantir a concorrência justa entre empresários locais e de fora.

 

Redação PH Bezerros