Com chapa única apresentada para disputa da nova mesa diretora da câmara dos vereadores para o biênio 2023-2024, o grupo de maioria de oposição deverá sair vencedor com a vitória de Diogo Lemos (PSB) para presidência e sucessão do cargo.

A chapa apresentada pela oposição em período determinado em edital até às 8:30 da manhã desta terça-feira foi única. A base governista da prefeita Lucielle não apresentou nomes e mostraram-se insatisfeitos com a antecipação da votação.

A votação ocorrerá entre as 9:00 e 10:00 da manhã desta terça. Diogo considerado líder da oposição compõe a chapa juntamente com a vereadora Tatai (PSB) como vice-presidente, Branco do Cruzeiro (SOLIDARIEDADE) como 1º secretário e a surpresa com a escolha do representante da comunidade de Encruzilhada Rogério de Natal (SOLIDARIEDADE) como 2º secretário.

Desta maneira, a nova mesa deverá presidir a casa a partir de 1 de janeiro de 2023. Com mais uma vitória em articulações internas sobre a base governista, a oposição ao governo Lucielle na câmara permanecerá com voz ativa em plenário na direção e trâmite dos trabalhos legislativos.

 

✓ Redação PH Bezerros