A coluna voz política de forma excepcional trás os principais fatos e opiniões deste 1° semestre em Bezerros e região 

Boa leitura ..

☑️ A má gestão de Lucielle sentida no município pela opinião pública não é a mesma que a chefe do executivo tem transmitido para Pernambuco. Mesmo com uma gestão arrojada fiscalmente a prefeita Lucielle Laurentino DEM está a anos luz de distância das questões urgentes no campo social e essenciais que almeja os bezerrenses.

☑️ Página virada, caso a prefeita Lucielle não acerte o passo e reeinvente seu modelo de gestão no campo do trato político deverá iniciar o 2° ano de mandato numa desaprovação em escalada de acordo com os números.

☑️ A importante liderança o ex – prefeito Marcone Borba que emplacou o seu filho Breno Borba PSB como o candidato natural à reeleição em 2020, parece reunir novas articulações para o processo vindouro de 2022 e 2024. O fato é quê a gigante base derrotada nas urnas não mais caminha unida como aponta os bastidores, inclusive um grupo de dissidentes decepcionados com a derrota já projetam um novo caminho que não obrigue que as articulações sejam exclusivamente pertencentes ao ex – prefeito Marcone, uma vez que no pleito eleitoral acabou derrotado em 2008 e 2020 quando todas as decisões partia dele em relação a estratégias de campanha. “Começa com emoção e acaba fria” destaca um ex candidato a vereador na base do ex prefeito Breno a está coluna.

☑️ No legislativo alguns nomes de fato se destacaram neste início de mandato, pelo o campo de situação Luisinho do sindicato SD lidera com folga o bloco da prefeita em atuação. Pelo campo de oposição o vereador Rogério de Natal SD desponta entre o pedido de pautas urgentes de Encruzilhada de São João e também no modelo de ação tida como “mão na massa”. Outro vereador também em destaque é o parlamentar Zé Amaro PSD, sem paciência para a lentidão do Governo Lucielle DEM, o próprio vereador tem reunido parcerias e até mesmo destinando recursos próprios para a solução de serviços essenciais na zona rural e na cidade.

☑️ No campo da Causa animal, o protetor Ricardo tem ganhado destaque, o responsável da ONG Amparo animal tem conseguido a duras penas aliar ações de acolhimento de animais em seu limite e também atendimentos em chamados de ocorrências pela cidade.

☑️ Distante: O líder do governo Lucielle na Câmara, Eduardo DEM, tem transmitido um perfil frio em relação ao papel que foi designado no poder Legislativo. Logicamente isso não significa descontentamento, mas o cenário político avalia como desprestígio ou até mesmo falta de espaço no modelo de gestão no executivo.

☑️ IN-gratidão com aliados de primeira hora tornou pessoas do processo político distantes da construção do que seria a “nova política” em Bezerros. A prefeita tem demostrado que escolheu quem seguia após vencer as eleições. Em outras palavras alguns nomes tidos como importantes no pleito eleitoral como Toinho do Couro, Vandiael, Pierre Pessoa, Ladjane Torres, Rosa Soares, Irandir Laurentino entre outros configuram como nulos na nova gestão.

☑️ Deputados estaduais seguem uma incógnita mesmo com o início do segundo semestre, nomes da terra até começaram a surgir mas sem muito campo popular. Se perguntar nas ruas quem é o nome que desponta com força popular dificilmente alguém emplaca a preferência irrestrita do povo como nos anos passados.

☑️ Tá feio; as entradas da cidade tomadas por matos e buracos, ações simples de zeladoria nas principais avenidas escancaram como anda as entranhas da cidade.

☑️ Agir contra a opinião pública é o que parece querer fazer a atual gestão, quando se crítica determinados acontecimentos na cidade a prefeitura tem respondido em tom de contrariedade dando evidência a elogios e os queridinhos “stories ” da prefeita para confrontar principalmente os usuários do SUS.

☑️ A comunicação institucional perde a oportunidade de manter a imprensa local a par dos fatos com mais transparência. A informação vinda de fora é mais uma contrariedade que o eleitor tem observado como pura ação de marketing.

☑️ O gado não gosta de imprensa isto é fato, inclusive os portais da cidade sempre foram alvos do gado dos ex- prefeitos Branquinho, depois do “bois” de Breno e agora da boiada da prefeita. O fato é que independente de quem quer que seja, parte da imprensa sempre assumiu o papel crítico ao invés da bajulação o que está comprovado com as putas críticas dos últimos anos e com a publicação do quê de fato as autoridades fazem que impactam na vida das pessoas.

☑️ O vereador Diogo Lemos PSB lidera o bloco de vereadores que apoiaram a deputada estadual Fabíola Cabral PP no próximo ano, ou seja o vice presidente deverá ficar fora da disputa como sendo “candidato da terra”.

☑️ Nomes como Allison de Geninho DEM, Bala, Sandro Silva, Gabeira e até mesmo o ex prefeito Breno Borba seguem na geladeira das intenções até que evidência a pré – candidatura.

☑️ De acordo com os bastidores mas nada confirmado, a prefeita estaria avaliando a possível mudança de secretários em pelo menos duas pastas. Vamos aguardar ….

☑️ A Pandemia segue afetando principalmente os mais vulneráveis na questão da alimentação, Bezerros não criou nenhum programa de transferência direta de renda e nem muito menos de cestas básicas para esse grande número de famílias atingidas.

Da redação PH Bezerros