A Câmara Municipal aprovou por unanimidade nesta terça-feira (05), o Projeto de Lei Complementar, Nº 003/2021, enviado pela Prefeitura de Bezerros, que prevê a Reestruturação Administrativa do executivo. O PL visa a reorganização e atualização do organograma das secretarias municipais, os cargos comissionados das pastas de serviços públicos.

Com a aprovação, o PL segue para sansão da prefeita Lucielle (DEM), nos próximos dias. A lei entra em vigor a partir de 1º de janeiro de 2022.

A prefeitura destaca que o projeto seguiu as Diretrizes propostas pela sociedade civil Comunitas.

Os principais destaques são os reajustes salariais de alguns cargos administrativos promovidos de acordo com o salário mínimo vigente no ano de 2021, reajuste de pastas e nomenclaturas.

Do corpo de atuação, pontos destaques do PL se dão em torno da Secretaria de Obras e serviços públicos que passa a ser secretaria de Infraestrutura englobando os dois serviços, a divisão da secretaria de administração e finanças que passada a ser secretaria da fazenda e administração e inovação e a secretaria de esportes e juventude que funcionará dentro da pasta de cidadania e desenvolvimento social como uma gerência.

Salários de secretário e acima de R$ 6.000 como chefias de gabinetes, procuradoria, controlador dentre outros foram mantidos os mesmos. Nas gerências das secretarias, os salários foram aumentados em 100% indo de R$ 1.500 para R$ 3.000, bem como os cargos de indicação de assessores especiais foram aumentados de R$ 937,00 para R$ 1.500 e assessores técnicos para R$ 1.200.

Em destaque, a gestão propôs reparação de salários aos profissionais da saúde para os coordenadores das unidades básicas de saúde do município que eram de R$ 1.200 e passara a ser de R$ 1.800

 

Redação PH Bezerros

Informações: Prefeitura Municipal de Bezerros