A compesa anunciou no início desta ano o projeto de ampliação do abastecimento de Bezerros e Gravatá. Onde será feito o transporte de água da barragem de jucazinho para abastecer as duas cidades.

A Compesa junto com o Governo do Estado, defendeu aumentar o abastecimento de água através da Barragem de Jucazinho e consequentemente prever a diminuição do rodízio nas cidades.

Pelo projeto, a água recebida de Jucazinho é tratada na Estação de Tratamento de Água (ETA) Bezerros e depois distribuída para os municípios.

Em Bezerros

 

Indagações começam a ser feitas em relação a oferta de água para o município, a qualidade da água do brejão é indiscutivelmente melhor para o uso pessoal do dia a dia. O debate foi para na Câmara municipal onde o vereador Luisinho do sindicato SD já indicou que fiscalizará e cobrar das entidades responsáveis a situação de desvio da água da barragem do Brejao com o intuito de abastecer condomínios, chácaras e haras de Gravatá. Outro fator que deverá ser observado é se realmente o município terá o prazo de abastecimento melhorado uma vez que alguns bairros chegam a passar até 30 dias para ser reabastecidos.