Dados do “vacinometro” emitidos pela prefeitura municipal de Bezerros evidenciam que o ultimo lote de vacinas que chegou ao município foi evidenciado no boletim do dia 26 de novembro de 2021. Anteriormente, o ultimo lote a ter chegado na cidade foi divulgado a público no dia 29 de outubro quando chegaram 13.274 novas doses divididas entre Coronavac, Pfizer e Oxford/Astrazeneca. As doses adicionais da Jhanssen chegaram em um lote único em Junho sem novas adições até o momento.

No novo lote, foram recebidas novas 7.968 doses de vacinas da Pfizer para continuação da vacinação. Não foram recebidas novas doses dos imunizantes Astrazeneca e Coronavac. Destes, o municipio ja recebeu, desde o inicio da vacinação, 29.231 doses da CoronaVac, 30.485 da Orxford/Astrazeneca.

Em Bezerros, o espaço de vacinação do Centro de Covid-19 atende das 08h às 19h, de segunda a sexta-feira, e das 08h às 16h, nos sábados e domingos. Após o avanço da vacinação, atualmente, não é necessário o agendamento prévio para tomar o imunizante, seja para 1ª e 2ª doses, dose única e dose de reforço que ja esta disponivel para todas as faixas etárias de 12 anos acima.

Para vacinação, basta dirigir-se até o local, levando documentação pessoal e o cartão de vacinação. Importante destacar que, no caso da primeira dose, o usuário precisa levar RG, CPF, comprovante de residência (no nome do vacinado ou dos pais) ou, na ausência, declaração de endereço assinada pelo Agente Comunitário de Saúde do seu bairro.

Da população vacinável entre os grupos prioritários abertos e autorizados a serem vacinados que compreende a população acima dos 12 anos sem comorbidades e toda população adulta, a prefeitura municipal divulgou dados evidenciando que 95% destes já tomaram a primeira dose do imunizante e 60% já tomaram as duas doses e dose única e estão devidamente imunizados.

Da população total de 60 mil habitantes em números estabelecidos pelo senso do IBGE, cerca de 79,77% ja tomaram a primeira dose da vacina contra o covid-19. Ao mesmo tempo, 53,76% ja estão devidamente imunizados com as duas doses e dose única e 5,36% já receberam a dose de reforço.

Redação PH Bezerros – imagem reprodução governo federal