O Governo de Pernambuco fez um apelo na quinta-feira (25), por meio da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, para que os municípios das três regionais cumpram as novas medidas de restrição que serão implementadas a partir desta sexta (26).

Na oportunidade, o secretário responsável pela pasta também dirigiu um apelo às igrejas e templos religiosos, afirmando que o descumprimento das normas poderá acarretar desde a aplicação de punições previstas no Artigo 268 do Código Penal – detenção de um mês a um ano, mais multa – até o fechamento das instituições, sejam elas religiosas ou empresariais.

Por sua vez, o secretário estadual de Defesa Social explicou que o objetivo é fazer a fiscalização juntamente com o poder público municipal local. Na segurança, será implementado um reforço extraordinário de 1.690 policiais durante esses 14 dias de operações. Bombeiros militares, policiais civis e militares também estarão nas ruas fazendo a supervisão.

Decreto: Proíbe atividades econômicas não essenciais das 20h às 05h durante a semana e das 17h às 05h nos finais de semana, nesse período aplica -se o “toque de recolher” para evitar a movimentação de pessoas nas vias públicas.

Instagram @phbezerros
Facebook PH Bezerros