Coluna Fatos Políticos                          Bezerros 27 de fevereiro de 2021

Um giro na gestão da matuta …

Se aproximando dos 60 dias de gestão, o governo Lucielle Laurentino DEM tem desenvolvido algumas ações pontuais. No campo fiscal herdou o déficit de mais de 5 milhões de salários atrasados, honrosamente assumiu o compromisso de quitar dentro da realidade financeira, responsavelmente enxugou a máquina cortando cargos desnecessários e priorizou e concentrou as decisões dos gastos do 1° bimestre. Na saúde continua ações já conhecidas em 2020 de conscientização, inovou nas informações da covid19 com mais transparência, ativou o teleatendimento e segue desempenhando com esforços o plano de vacinação.

 

Na educação buscou informatizar o acesso em meio a pandemia, identificou os graves problemas nas estruturas físicas e apresentou novos gestores na rede municipal. No turismo realizou um Carnaval diferenciado com o concurso de decoração de fachadas, inovou com projeção de artes no prédio da prefeitura, instalou outdoors pelo estado, idealizou o caminhão intinerante da folia e criou o Angu Solidário distribuindo a tradicional comida do carnaval nos bairros, já na cultura iníciou a escuta dos artistas.

 

Na infraestrutura iniciou uma agenda dos serviços essenciais em limpeza, serviços de saneamento e retirada de metralhas. No Desenvolvimento Agrário auditou os serviços pendentes, qualificou os serviços de distribuição de carros pipas e iniciou uma agenda de melhorias nas estradas da zona rural. Na comunicação tem buscado modernizar a forma de informar e aproximar as pessoas da gestão e na pasta de Cidadania iniciou a retomada dos programas sociais. Outro setor que também tem buscado ensaiar ações dentro de suas limitações é o GSP e Debetrans, já no campo de Juventude e Esportes segue sem ações.

 

Fé no que virá 

A prefeita Lucielle DEM vai encerrando mais um mês de gestão em um início de ano complicado para os municípios principalmente devido a pandemia. O dito ajuste fiscal tem desencadeado o início da insatisfação com o novo governo, os pontos alvos de críticas estão nos serviços essenciais que são sentidos diretamente pela população no dia a dia. O novo governo tem gerido a expectativa x realidade com uma certa cautela, priorizando o financeiro e o gerir da pandemia que obriga o município a parar no tempo. Fica compreensivo quê, o que está faltando para provar que o novo tempo chegou, talvez seja a triste realidade que mundo enfrenta com a covid19, ou seja, sem a pandemia essa falta de ações enérgicas levariam a uma precoce derrocada do que espera os bezerrenses desta nova gestão.

 

Covid19, como assim ?

A gestão decidiu e por um caminho da comunicação equivocada quanto aos números da covid19 no município. De fato houve uma queda nos números dos casos de covid19 do mês de dezembro de 2020 para o início do ano de 2021, porém são necessários outros dados para poder afirmar que Bezerros vive outra realidade a não ser o de alerta, inclusive os casos aumentaram de janeiro para fevereiro. Dizer que Bezerros vive números satisfatórios é relativizar a situação para a população que de forma simplista pode entender e começar a banalizar os cuidados com a covid19. Portanto maiores detalhes são necessários antes de afirmar ao estado que Bezerros reduziu os casos de covid19 e ainda mais afirmar que o resultado apenas se deu através das ações básicas que foram realizadas. Quantas pessoas foram atendidas no hospital de campanha, e destes, quantos testes foram realizados neste bimestre? Tristemente estamos a um passo da 2ª onda de aumento na infecção do coronavirus.

 

“Sem experiência administrativa mas com uma bela história de vida”

 

A frase replicada pelo o ex ministro Mendonça Filho durante entrevista em Bezerros acabou entonando o início de gestão que o governo Lucielle Laurentino vem empreendendo. Profissionalmente capacitada a prefeita Lucielle DEM precisará mais do que nunca ser mais do que uma eleição de sucesso para agora ser uma gestão de resultados, ao menos com a afirmativa do seu padrinho Mendonça Filho o governo parece ter percebido que nas ruas a alta expectativa tem começado pairar, “ninguém nasce sabendo tudo” destacou o ex ministro. É muito cedo para passar uma régua no rumo do governo que se desdobrará nos próximos meses, inicialmente a prefeita eleita tem demostrado tranquilidade frente as cobranças, principalmente de opositores que nunca deixaram de ser opositores mesmo ela fazendo um possível belo governo no futuro.

 

Cenário estadual aparecendo …

Aos poucos o cenário para as eleições de 2022 vai se redesenhando no município com o reflexo do resultado da última eleição, a começar pela prefeita Lucielle Laurentino DEM que já tem no seu radar o padrinho Mendonça Filho DEM para defender como deputado federal, no campo presidencial o Democratas25 se aproximou do presidente Jair Bolsonaro mas nada dado como certo ainda. O vice presidente da Câmara, Diogo Lemos PSB tem colado sua imagem a deputada estadual Fabíola Cabral PP, o propósito dessa aliança politicamente ainda não está tão claro, ela será a deputada de um bloco de vereadores? Ainda não se sabe. O vereador Luisinho do sindicato SD tem hoje o mais conhecido nome apresentado na cidade, o deputado federal Túlio Gadelha PDT através do parlamentar tem estado bem presente no município. O vereador Zé Amaro PSD apareceu ao lado do deputado Delegado Lessa PP, por enquanto só especulações, o grupo do ex prefeito Breno Borba PSB derrotado em 2020 deverá se mobilizar pelo deputado estadual Waldemar Borges PSB? já nos bastidores as especulações são para quê no 2° semestre algum nome de Bezerros desponte para a disputa Estadual.

 

GIRO POLÍTICO 

🔸O Presidente da Câmara de Gravatá, Leo do ar PSDB que também é bezerrense, recebeu uma comitiva de vereadores bezerrenses liderados pelo presidente Emanuel de Boas Novas PSB para tratar da eleição da União dos vereadores do Brasil – UVB/PE, Leo do ar PSDB disputa o comando da União em Pernambuco.

 

🔸 A Secretaria de Desenvolvimento Agrário se destacou nos dois primeiros meses de 2021, até então a pasta tem conseguido entregar de fato o desempenho que se espera na prestação dos serviços.

 

🔸 O Parlamento Jovem é o 1° no modelo eletivo no país e precisa da experiência, união e força da classe política para manter essa abertura da juventude com o viver política.

 

🔸O SINPRO tem a missão de cobrar e contribuir com a nova gestão para a solução do antigo problema da folha da educação.

 

🔸 Ao menos cinco nomes do legislativo já entoaram críticas a gestão: Zé Amaro PSD, Branco do Cruzeiro SD, Diogo Lemos PSB, Rogério de Natal SD e Emanuel de Boas Novas PSB. Por motivos diferentes já demonstraram algumas indagações neste início de 2021. 

 

🔸 A gestão Lucielle acomodou alguns brenistas, principalmente nas pastas de educação e saúde.

 

🔸 Em Bezerros Mendonça Filho já descarta a disputa ao cargo de governador em 2022, ele deve ter sentido que oposição precisará de união para bater o PSB após não chegar nem no 2° turno em Recife.

 

🔸 Solitário, o líder do governo na Câmara Eduardo DEM, deverá enfrentar grandes desafios principalmente no campo político que permita sustenção ou articulação de um grupo político governista.

 

Contato: phbezerros@gmail.com